A AIDGLOBAL participou na Conferência Internacional do GVETS

A AIDGLOBAL participou na Conferência Internacional do GVETS

A AIDGLOBAL participou na Conferência Internacional do GVETS

Realização da Conferência Internacional “Trabalho social na era digital”

No âmbito do projeto GVETS, a 4 de outubro, na Universidade Europeia do Chipre (Nicósia), realizou-se a Conferência Internacional “Trabalho social na era digital: apoiar crianças migrantes”, promovida pelo parceiro do consórcio Center for Social Innovation (CSI, Chipre) e pela organização Hope for Children.

O discurso de abertura foi feito pela diretora de R&D e de gestão de projetos do CSI, Katerina Theodoridou, e por uma representante da organização Hope for Children, que partilhou alguns dados sobre a sua experiência de trabalho no Chipre.

A primeira sessão foi da responsabilidade do Dr. Stravos Parlalis, investigador da Universidade de Frederick, Chipre, que deu a conhecer a sua investigação sobre o trabalho da área social e a tecnologia.

De seguida, a coordenadora internacional do projeto, Barbara Marosváry, da associação Menedék, Hungria, apresentou o projeto e os seus resultados. Após esta introdução, o consórcio do projeto GVETS, constituído pelos sete parceiros internacionais do projeto, organizou um painel de discussão para dar resposta a dúvidas e observações que o público tivesse sobre o projeto.

Passar da teoria à prática

Por fim, a última sessão teve como objetivo passar da teoria à prática, através de dois workshops, um em grego – “Soft skills and communication skills for professionals working with migrant children” – e um em inglês – “Practical guidance and crisis management for professionals working with migrant children” –, com atividades desenvolvidas a partir do conteúdo da plataforma. No espaço de uma hora, foi possível demonstrar aos presentes, várias formas de utilização offline do material disponível na plataforma GVETS , recorrendo a dinâmicas de grupo e formações, em contextos onde haja contacto direto entre os intervenientes.

Financiado pela Comissão Europeia através do programa Erasmus+, o GVETS envolve 7 Organizações de 7 países da União Europeia: AIDGLOBAL, de Portugal; IASIS, da Grécia; OXFAM, de Itália; ITAINNOVA, de Espanha; Grupo de Desenvolvimento de Diversidade, da Lituânia; Centro de Inovação Social, de Chipre; e Menedék, a associação coordenadora, da Hungria.