Formação de professores no Porto Santo sobre Cidadania Global

Formação de professores no Porto Santo sobre Cidadania Global

Formação de professores no Porto Santo sobre Cidadania Global

Oficina realizada no âmbito do projeto “Educar para Cooperar”

“Diversidade” e “Inclusão” foram as palavras mais referenciadas na Oficina de formação “A articulação da Cidadania Global com o Currículo ‒ Estratégias para uma Educação Transformadora” que se iniciou no dia 23 de fevereiro, na Sala de Conferências do edifício dos Paços do Concelho do Porto Santo, dirigida a professores dos 2º e 3º Ciclos e do Ensino Secundário.

Um dos objetivos deste programa de formação, que decorre até 11 de maio, é refletir acerca das diferentes formas de participação cívica na sociedade e, também, sobre o papel dos alunos na promoção de um desenvolvimento mais sustentável e equitativo.

A primeira sessão contou com a presença da Dra. Luísa Paixão, Diretora do Centro de Formação do Sindicato dos Professores da Madeira (SPM), que fez a abertura da Oficina.

Ao longo dos encontros já realizados, foi feita a reflexão e debate sobre temáticas da Cidadania Global, Paz, Direitos Humanos, Sustentabilidade Ambiental, Educação Transformadorae Articulação Curricular.Em grupos, os presentes recriaram o espaço de uma sala de aula e dinamizaram unidades didáticas de promoção da Cidadania Global, utilizando estratégias participativas, como o jogo de papéis.

Os 18 docentes participantes começam, a partir de agora, a preparar os seus trabalhos práticos que têm como objetivo facilitar o desenvolvimento de iniciativas de Educação para o Desenvolvimento que nasçam do interesse e da motivação dos seus alunos e acompanhar a sua implementação. Para tal, precisam de lançar-lhes desafios relativos aos conteúdos das disciplinas lecionadas, articulando, assim, o currículo formal com os temas da Cidadania Global.

Nas 5 ações realizadas, os professores chegaram, já, a algumas conclusões, designadamente: “A mudança acontece pela Educação e todos temos algo para dar e receber”, “É possível transmitir conhecimentos de forma dinâmica, interativa, lúdica e com muita criatividade”, “Valorizar os ODS [Objetivos de Desenvolvimento Sustentável] e assumir a responsabilidade de os divulgar (e sensibilizar) junto dos alunos”.

Apresente Formação, acreditada pelo SPM, tem como formadora Susana Damasceno, Presidente da Direção da AIDGLOBAL, e conta com a colaboração da facilitadora Sofia Lopes, gestora do projeto “Educar para Cooperar – Porto Santo e Madeira”.

O espaço para as sessões presenciais é, gentilmente, cedido pelo Município do Porto Santo que assegura toda a logística da ação.

Esta Oficina é apoiada pelo Hotel Vila Baleira Porto Santo que, solidariamente, hospeda a formadora. As parcerias com empresas, no âmbito da sua responsabilidade social, contribuem para a meta 17.17 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ‒“Incentivar e promover parcerias públicas, público-privadas e com a sociedade civil que sejam eficazes, a partir da experiência das estratégias de mobilização de recursos dessas parcerias”.

O projeto “Educar para Cooperar – Porto Santo e Madeira” é promovido pela AIDGLOBAL e cofinanciado pelo Camões — Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., tendo como parceiros a Câmara Municipal do Porto Santo, a Direção Regional para a Administração Pública do Porto Santo e o Sindicato dos Professores da Madeira.
Saiba mais sobre este projeto aqui.
Algumas fotos e vídeos estão online no Facebook da AIDGLOBAL (fotos , vídeo 1 e vídeo 2).