1ª Feira de Medicinas e Técnicas Naturais em Arruda dos Vinhos

1ª Feira de Medicinas e Técnicas Naturais em Arruda dos Vinhos

1ª Feira de Medicinas e Técnicas Naturais em Arruda dos Vinhos

AIDGLOBAL disponibiliza produtos da Horta do CAR da Bobadela

A AIDGLOBAL marcou presença na NaturArruda, 1ª Feira de Medicinas e Técnicas Naturais, que teve lugar no fim de semana de 22 e 23 de setembro, no Jardim Municipal de Arruda dos Vinhos. Segundo a organização do certame, a iniciativa, inédita na região, teve em vista proporcionar “dois dias saudáveis”, pelo que o programa incluiu aulas, palestras e workshops. Nos espaços circundantes, houve lugar a momentos de animação — concertos meditativos e “showcooking” de cozinha goesa, entre outros.

Os visitantes tiveram a oportunidade de percorrer os diversos expositores, todos nas áreas da saúde, educação e bem-estar.

A AIDGLOBAL partilhou o stand com outros parceiros, nomeadamente com a UIBI HUB, uma Comunidade de Prática sediada em Arruda dos Vinhos que, também, atua na construção de projetos inovadores e transformadores das comunidades.

Rita Lopes, do Gabinete de Projetos, coordenou as atividades da AIDGLOBAL incluindo a divulgação do projeto Urbagri4women que se insere no contexto desta Feira.

Na banca atribuída, foram disponibilizados produtos solidários, designadamente plantas oriundas da Horta Comunitária do CAR, Centro de Acolhimento para Refugiados da Bobadela/Loures e compotas elaboradas nos Laboratórios de Agricultura Urbana, no âmbito do módulo de formação do projeto Urbagri4women sobre empreendedorismo e utilização dos recursos da horta para possíveis atividades de sustentabilidade.

A AIDGLOBAL é a entidade nacional parceira do Urbagri4women, um projeto levado a cabo por 7 países europeus que visa promover a integração de mulheres migrantes, incluindo as requerentes de asilo e beneficiárias de proteção internacional nas sociedades de acolhimento, permitindo-lhes desenvolver projetos inovadores e de subsistência, na área da agricultura urbana.

A inclusão destas migrantes é efetuada através de atividades educativas e recreativas, de formação profissional, do acesso ao mercado de trabalho, da luta contra a discriminação e de iniciativas culturais que promovam o diálogo intercultural e uma cultura de acolhimento, envolvendo as administrações públicas, os parceiros sociais, organizações de imigrantes e outras partes interessadas relevantes.

Saber mais sobre este projeto em: http://www.urbagri4women.com/

“O Fado (e não só) Acontece” juntou artistas de várias latitudes

O espetáculo de solidariedade mais emotivo do ano aconteceu no Cinema São Jorge A AIDGLOBAL, Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), cuja missão é Agir, Incluir e Desenvolver através da Educação, reuniu, no Cinema São Jorge, no dia 5 de novembro, vários artistas nacionais e internacionais em encontros improváveis, inspirados na fusão entre o ...