Primeira reunião de coordenação do projeto “Despertar para a Educação Global” decorreu na Alemanha

Primeira reunião de coordenação do projeto “Despertar para a Educação Global” decorreu na Alemanha

Primeira reunião de coordenação do projeto “Despertar para a Educação Global” decorreu na Alemanha

Neste encontro foi delineado o referencial para o manual com conteúdos de formação em Educação para a Cidadania Global a ser aplicado nos três países

No âmbito do projeto “Despertar para a Educação Global”, a Presidente da Direção da AIDGLOBAL, Susana Damasceno, deslocou-se a Estugarda, na Alemanha, nos dias 25 e 26 de março, para um encontro de coordenação do projeto, no qual participaram representantes dos três países que fazem parte do projeto: Portugal, Alemanha e Roménia.

Na sequência de um estudo desenvolvido pelos parceiros do projeto, em que foi possível caracterizar as organizações da sociedade civil e fazer um diagnóstico das suas necessidades de formação em prol da Educação para a Cidadania Global, duas organizações portuguesas (Instituto Marquês de Valle Flôr e AIDGLOBAL), três alemãs (Dachverband Entwicklungspolitik Baden-Württemberg (DEAB), Forum for international development + planning (finep FINEP) e Entwicklungspädagogisches Informationszentrum E-PiZ im Arbeitskreis Eine Welt Reutlingen e.V.) e APSD-Agenda 21 da Roménia desenvolveram um referencial que fará parte do manual de formação.

O projeto, financiado pela Comissão Europeia e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, chegou ao fim do seu primeiro ano, contribuindo com mais uma ferramenta metodológica para a disseminação dos valores da Educação para a Cidadania Global (ECG) e da Educação para o Desenvolvimento (ED) a nível europeu.

Este referencial foi beneficiado pelo encontro de peritos, que aconteceu no dia 21 de março, no Instituto Marquês de Valle Flôr, e pela troca de experiências e impressões sobre implementação da Educação para a Cidadania Global, através de ações de formação para os técnicos das organizações da sociedade civil portuguesa.