Amitie Code

Amitie Code

Amitie Code

Amitie Code – Capitalizing on Development” foi um projeto internacional de Educação para o Desenvolvimento que visava sensibilizar a comunidade – autoridades públicas, cidadãos, professores, jovens e alunos – para os temas das Migrações, Desenvolvimento e Direitos Humanos. 

PROPUSEMOS

Sensibilizar para a importância do desenvolvimento social e humano, das políticas de cooperação internacional e das suas interligações com os temas dos Direitos Humanos e das Migrações;

Dar a conhecer boas práticas de Cooperação para o Desenvolvimento e de Codesenvolvimento a nível local e regional;

POR
QUÊ
?

Num mundo cada vez mais globalizado e interdependente, a erradicação da pobreza e a necessidade de um desenvolvimento sustentável são preocupações reconhecidas pela União Europeia. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estendem-se a todas as localidades do globo terrestre, não só aos países em desenvolvimento. É essencial que sociedade civil, empresas, estado e associações se unam em prol deste desenvolvimento que se quer mais justo e sustentável.O Conceito Estratégico da Cooperação Portuguesa 2014-2020 assenta em três áreas de atuação, sendo que duas delas são a Cooperação para o Desenvolvimento e a Educação para o Desenvolvimento (ED).

A ED é vista como fundamental nas políticas de desenvolvimento e na criação de uma base de entendimento e de apoio da opinião pública para as questões da cooperação. De acordo com a Plataforma das ONGD, a ED é um processo dinâmico, interativo e participativo que visa, entre outras coisas,  a promoção do direito e do dever de todas as pessoas, e de todos os povos, de participarem e contribuírem para um desenvolvimento integral e sustentável.

Os Migrantes têm um papel fulcral no desenvolvimento. Assim, foi criado o conceito de Codesenvolvimento que visa promover novas formas de governação que contribuam para a inclusão sócio-territorial dos migrantes e ainda o enquadramento das políticas migratórias numa estratégia de codesenvolvimento das regiões de origem e destino dos migrantes.

REALIZÁMOS

  • Formação de Técnicos Municipais;
  • Formação de Professores;
  • Laboratórios de Formação |School Labs;

 Estas atividades foram realizadas em estreita articulação com as entidades responsáveis pelo projeto em Portugal, nomeadamente a Câmara Municipal de Loures e o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.

Logotipo do projeto

PROMOTOR

ENTIDADE FORMADORA

PARCEIROS

COFINANCIA

Ao longo da sua existência a AIDGLOBAL tem estabelecido parcerias com diversos organismos, que se reconhecem na nossa missão. A AIDGLOBAL agradece a todas as entidades públicas e privadas o apoio solidário demonstrado ao nosso trabalho, na certeza de que continuaremos o nosso caminho em prol da Mudança, por um mundo mais justo e equitativo, através da Educação.

NOTÍCIAS DO PROJETO