A AIDGLOBAL participa na Mesa Redonda : “União Europeia: Prémio Nobel da Paz 2012”

A AIDGLOBAL participa na Mesa Redonda : “União Europeia: Prémio Nobel da Paz 2012”

A AIDGLOBAL participa na Mesa Redonda : “União Europeia: Prémio Nobel da Paz 2012”

O debate focou-se no contributo da União Europeia para a promoção da paz e para a gestão de crises, no continente e no mundo.

A presidente da Direção, Susana Damasceno, em representação da AIDGLOBAL, participou, no dia 10 de dezembro, na mesa redonda “União Europeia: Prémio Nobel da Paz 2012”.

Organizada pela Representação da Comissão Europeia em Portugal e pelo Gabinete de Informação do Parlamento Europeu, o evento teve lugar às 9h30, no Largo Jean Monnet, 1, 10º, em Lisboa e contou com a presença dos embaixadores da Noruega, dos presidentes da Cruz Vermelha e da AIDGLOBAL, assim como do investigador e membro da direção do Instituto Português de Relações Internacionais, professor doutor Carlos Gaspar. Foi moderada pela jornalista da SIC Notícias, Rebecca Abecassis, e focou-se no contributo da União Europeia para a promoção da paz e para a gestão de crises, no continente e no mundo, assim como nos desafios que se colocam às instituições europeias para prosseguirem esse percurso.

Entre os vários assuntos abordados, os oradores destacaram o “momento certo” da concessão do Prémio Nobel da Paz à União Europeia, quando se cumprem mais de 6 décadas de paz na Europa. Foi, também, realçado o contributo da Instituição para a consolidação das novas democracias nascidas no sul do continente europeu, nomeadamente em Portugal e Espanha.

Luís Barbosa e Susana Damasceno, em representação do Terceiro Sector, salientaram o impacto dos programas da Comissão Europeia na área da Cooperação, assim como na construção de uma Cidadania Europeia, ativa e responsável.

“Este prémio é um reconhecimento do trabalho realizado pelas delegações da CE na promoção do desenvolvimento fora das nossas fronteiras, mas é, acima de tudo, um prémio de todos nós. É um prémio que responsabiliza os cidadãos europeus para manter a paz conquistada e os valores da Cidadania Europeia”, afirmou a presidente da Direção da AIDGLOBAL.

O professor doutor Carlos Gaspar, numa ótica mais académica, enumerou os acontecimentos mais relevantes na construção da UE e alertou para os desafios que enfrenta o conjunto dos países da União. “É preciso encontrar caminhos que pressuponham soluções duradouras”, acrescentou.

Os assistentes puderam, também, acompanhar a emissão televisiva da cerimónia de atribuição do Prémio Nobel da Paz, em direto, de Oslo, Noruega.

Esta mesa redonda, em Portugal, no momento da entrega do prémio Nobel, constituiu um evento muito especial, à semelhança de muitos outros a ocorrerem, em simultâneo, no resto da Europa e em outras partes do mundo.