Ajuda Pública ao Desenvolvimento

Ajuda Pública ao Desenvolvimento

Ajuda Pública ao Desenvolvimento

Estados-Membros não cumprem objectivos propostos.

A Confederação Europeia de Ajuda ao Desenvolvimento e Ajuda Humanitária de Emergência anunciou, tendo em conta o relatório AID WATCH 2011, que a maior parte dos Estados-membros da União Europeia, incluindo Portugal, não alcançou os objectivos propostos para a Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD). Este incumprimento vem, assim, pôr em causa os esforços globais para alcançar os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.

A Ajuda ao Desenvolvimento, segundo os responsáveis políticos europeus, devia ter atingido os 0,56 por cento do Rendimento Nacional Bruto (RNB). No entanto, o relatório AID WATCH 2011 vem mostrar que essa meta só poderia ser atingida com mais 15 mil milhões de euros.

Portugal acompanha a maior parte dos restantes parceiros europeus, pois o seu objectivo fixado, para a APD, nos 0, 34 por cento do RNB não foi atingido, tendo ficado pelos 0, 29 por cento.

Num comunicado publicado pela Plataforma das ONGD Portuguesas, da qual a AIDGLOBAL é uma ONGD associada, pode ler-se que, tendo em conta a crise internacional, a APD vai crescer a um ritmo lento, podendo pôr em causa alguns dos esforços e avanços feitos em alguns dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.