Educação Digital: Projeto europeu parte de experiência pandémica para garantir uma melhor qualidade de ensino em contexto digital

Educação Digital: Projeto europeu parte de experiência pandémica para garantir uma melhor qualidade de ensino em contexto digital

Educação Digital: Projeto europeu parte de experiência pandémica para garantir uma melhor qualidade de ensino em contexto digital

Inovar as práticas profissionais e promover capacidades e conhecimentos junto de professores europeus para garantir uma resposta adequada aos desafios de uma sociedade digital é um dos objetivos do projeto implementado, em Portugal, pela AIDGLOBAL. O primeiro encontro, realizado online, decorreu no passado dia 12 de maio e reuniu, no ecrã, Portugal, Itália, Roménia e Chipre.

.

“Beyond COVID-19: The new era of teaching. Digital learning for social inclusion”, em português, “Para além da COVID-19: A nova era do ensino. Aprendizagem digital para a inclusão social” é o nome do projeto europeu, financiado pelo Erasmus+, que pretende aproximar a Escola e os professores das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). O objetivo é orientar e ensinar os alunos a usarem as ferramentas TIC, numa perspetiva criativa, responsável e cooperativa, e consciencializar a sociedade para as implicações presentes e futuras da Agenda 2030 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), no contexto da pandemia por COVID-19.

Pese embora o esforço desenvolvido pela comunidade educativa para dar continuidade ao ensino em contexto pandémico, proporcionando aulas online e apoio à distância, estima-se que apenas 20% a 25% dos alunos na UE estejam a ser ensinados por professores que se sentem confiantes com a utilização de tecnologia, na sala de aula. Estes números são confirmados por estudos realizados em Itália, Grécia, Roménia e Portugal, o que demonstra uma falta de preparação generalizada por parte dos docentes europeus, que não estão devidamente capacitados para se adaptarem às novas circunstâncias, desencadeadas pela rápida digitalização. Também o inquérito internacional sobre ensino e aprendizagem da OCDE, em 2018, revelou que “apenas 39 % dos educadores na UE se declaram bem ou muito bem preparados para utilizarem as tecnologias digitais”, conforme consta no novo Plano de Ação para a Educação Digital 2021-2027, adotado pela Comissão Europeia.

Através deste projeto que, em Portugal, é implementado pela AIDGLOBAL – Acção e Integração para o Desenvolvimento Global, pretende-se realizar um diagnóstico de competências em torno da inovação educacional e das competências digitais, criar um Currículo Digital Europeu com o objetivo de identificar as melhores estratégias de aprendizagem e as ferramentas digitais e tecnológicas mais adequadas para responder às necessidades formativas de alunos em situações de vulnerabilidade (social, económica, emocional…), de modo a promover a inclusão e a evitar o abandono escolar precoce e pretende-se, também, promover uma Academia “EU BET!”, que se traduzirá num conjunto abrangente de cursos de formação online e presenciais bem como webinars, dirigidos a professores, sobre as questões da Agenda 2030, sobre a educação inclusiva e as TIC, aplicadas a ambientes de aprendizagem.

“A pandemia, ao colocar a nu um conjunto de desafios como aqueles que envolvem a capacitação digital, a conectividade universal, a segurança, a proteção de dados ou a inclusão digital, fez com que alguns deles se transformassem em oportunidades, afirma Susana Damasceno, Fundadora e Presidente da AIDGLOBAL.

“Este projeto constitui uma dessas oportunidades, na medida em que se traduz numa ação concreta que vem dar resposta a uma lacuna existente não só no sistema de ensino como também no acesso e funcionamento do mundo online. Acreditamos que este passo será significativo, no momento de mitigar alguns dos riscos apresentados pela tecnologia digital, no contexto da educação. É um projeto com impacto nos jovens estudantes e nos seus professores mas também no desenvolvimento dos países, nas próximas décadas, uma vez que a sua concretização contribui para a construção de potencial humano, evitando o agravamento das desigualdades”, conclui Susana Damasceno.

Beyond COVID-19: The new era of teaching. Digital learning for social inclusion” é um projeto europeu financiado pelo Erasmus +, sendo promovido pela Oxfam Itália, em parceria com a AIDGLOBAL, a Actionaid, a Agenda 21 e a Lama. Estende-se de 1 de abril de 2021 a 31 de março de 2023, em Portugal, Itália, Roménia e Chipre.

A AIDGLOBAL – Acção e Integração para o Desenvolvimento Global – é uma Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), sem fins lucrativos, que desenvolve e promove diversos projetos no âmbito da Educação para o Desenvolvimento e Cidadania Ativa, em Portugal, incluindo na Região Autónoma da Madeira, onde tem uma delegação em Porto Santo e, ainda, no âmbito da Literacia, em Moçambique, na Província de Gaza.  A sua Missão visa Agir, Incluir e Desenvolver através da Educação, porque acredita que a Mudança acontece pela Educação.