“Educar para Cooperar” apresentado em Encontro de Professores e em Congresso Internacional

“Educar para Cooperar” apresentado em Encontro de Professores e em Congresso Internacional

“Educar para Cooperar” apresentado em Encontro de Professores e em Congresso Internacional

Professoras do Agrupamento de Escolas Catujal-Unhos dão a conhecer o projeto e as suas metodologias em dois encontros da especialidade

No âmbito do projeto “Educar para Cooperar” – Loures (3ª ed.), a AIDGLOBAL participou, juntamente com as professoras do Agrupamento de Escolas Catujal-Unhos (AECU), no XVII Encontro de Professores de Matemática: “A Matemática nos primeiros anos: Pré, 1º e 2º Ciclos”, em Aveiro, e no I Congresso Internacional Educação, Ambiente e Desenvolvimento, em Leiria, a fim de apresentarem o projeto e as suas metodologias.

Sofia Lopes, Gestora do Gabinete de Projetos da AIDGLOBAL, Carla Carvalho e Ana Lúcia Mendes, Professoras do AECU dinamizaram, em Aveiro, no dia 8 de novembro, a sessão prática de “A Matemática e a Educação para o Desenvolvimento”, facultando exemplos de como introduzir os temas de Cidadania Global na disciplina de Matemática. Contextualizando o que é a Educação para o Desenvolvimento, simularam uma sessão passada na Tanzânia sobre a importância da preservação dos recursos naturais e do seu acesso às populações.

No I Congresso Internacional Educação, Ambiente e Desenvolvimento, Sofia Lopes, em conjunto com as professoras do mesmo Agrupamento de Escolas, Ana Matias e Judite Branquinho, integraram, no dia 15 de novembro, o painel “A Cidadania Global no currículo – Projeto ‘Educar para Cooperar'”.

Este Congresso pretendia fomentar a discussão e a divulgação de metodologias utilizadas e estudos científicos relacionados com a Educação, o Ambiente e o Desenvolvimento, apresentar e refletir sobre práticas consideradas relevantes na perspetiva da sustentabilidade das sociedades contemporâneas, promover a cooperação entre entidades públicas e privadas na definição de novos modelos de desenvolvimento e sensibilizar e incentivar todos os agentes para as temáticas em análise e sua relevância estratégica, económica, social e ambiental.

Mais uma vez, as intervenientes tiveram a oportunidade de apresentar o projeto e falar sobre a integração curricular da Cidadania Global nas disciplinas de Português e de História e Geografia de Portugal (2º ciclo) a professores, investigadores, estudantes dos diferentes níveis de ensino, técnicos de instituições e público em geral.

O projeto “Educar para Cooperar” – Loures (3ª ed.) vai ao encontro das linhas orientadoras da Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (ENED) e pretende tornar o concelho de Loures num exemplo da introdução da Educação para a Cidadania Global nas escolas, a nível nacional. Ao mesmo tempo, procura sensibilizar e envolver outras instituições, contribuindo, assim, para um mundo no qual as escolas sejam espaços de construção de cidadãos críticos e participativos que promovam a transformação social.