Já online a versão portuguesa do “Global How? Despertar para a Educação Global – Manual do Formador”

Já online a versão portuguesa do “Global How? Despertar para a Educação Global – Manual do Formador”

Já online a versão portuguesa do “Global How? Despertar para a Educação Global – Manual do Formador”

O Manual, publicado em março de 2016, está disponível no site da AIDGLOBAL

O Manual do Formador, intitulado “Global How? Despertar para a Educação Global – Manual do Formador”, é o resultado do Projeto Europeu “Despertar para a Educação Global – Competências-Chave dos Membros de Organizações da Sociedade Civil Europeias”, que decorreu na Alemanha, em Portugal e na Roménia, em resposta à necessidade evidente de uma formação de qualidade dos multiplicadores de Educação para a Cidadania Global (ECG) que operam no seio das Organizações da Sociedade Civil.

Este trabalho visa facilitar a tarefa dos formadores, de modo a fazerem com que os membros envolvidos se tornem mais aptos em relação aos processos de Educação para a Cidadania Global, em vários contextos. Sendo o espírito da “Educação para a Cidadania Global” abster-se de apresentar receitas acabadas e, em vez disso, disponibilizar espaços para exploração de diversos aspetos da prática da ECG, isso vai permitir que o indivíduo desenvolva as suas próprias conceções de formação de acordo com as especificidades das situações. O título “Global How?” refere-se a um trabalho de base intitulado “Global What? Um estudo sobre factos e necessidades de Educação para a Cidadania Global na Alemanha, Portugal e Roménia” e realizado na sua fase inicial. Este guia assenta essencialmente na experiência dos parceiros do projeto na realização de cursos de formação-teste em três países europeus.

Os parceiros do projeto “Despertar para a Educação Global” na Alemanha, em Portugal e na Roménia são Dachverband Entwicklungspolitik Baden-Württemberg – DEAB, Entwicklungspädagogisches Informationszentrum im Arbeitskreis Eine Welt Reutlingen – EPiZ Reutlingen, forum for international development + planning – finep, Instituto Marquês de Valle Flôr – IMVF, AIDGLOBAL – Acção e Integração para o Desenvolvimento Global e Asociatia de Asistenta si Programe pentru Dezvoltare Durabila – APSD-Agenda 21.

Esta publicação foi cofinanciada pela  União Europeia, tendo, na Alemanha, o apoio do Ministério do Estado de Baden-Württemberg e, em Portugal, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Descarregue o Manual “Global How?” aqui