Mais 800 Livros para Integrarem as Bibliotecas Escolares do Chibuto, em Moçambique

Mais 800 Livros para Integrarem as Bibliotecas Escolares do Chibuto, em Moçambique

Mais 800 Livros para Integrarem as Bibliotecas Escolares do Chibuto, em Moçambique

O projeto pretende criar comunidades mais informadas, através do acesso a um fundo documental variado e à dinamização de atividades em torno da leitura.

As bibliotecas apoiadas pela AIDGLOBAL no âmbito do projeto “Rede de Bibliotecas Escolares do Distrito do Chibuto”, em Moçambique, receberam, no passado dia 20 de outubro, mais 800 livros, entre material didático e literatura moçambicana.
As obras reforçaram os fundos de seis bibliotecas escolares, três primárias e três secundárias, para uso da comunidade educativa e local, beneficiando diretamente um universo de mais de 9.000 crianças e 100 docentes.
Com o objetivo de contribuir para o ensino do português, a Organização disponibilizou um exemplar em língua portuguesa a cada um dos 774 alunos que frequentam o primeiro e o segundo anos das Escolas Primárias de Unidade, Muxuquete e Macunenene.
No ato da entrega, reservou-se um momento para felicitar os “melhores leitores” do ano escolar e incentivaram-se os novos a explorar o mundo dos livros. Anabela, uma das crianças presentes, disse querer “estudar muito” para ser médica e “salvar os doentes nos hospitais”.
Seguidamente, foram distribuídos pelas Escolas Secundárias de Mohambe, Chibuto e Malehice uma vintena de exemplares de literatura moçambicana, de modo a poderem ser utilizados livremente pela comunidade educativa e público em geral, através do sistema de requisições.
Esta reforço das bibliotecas escolares foi possível graças ao apoio do Grupo Leya-Moçambique, que ofereceu um desconto de 30% na adquisição dos livros e facilitou o seu transporte  até ao local.
O projeto, cofinanciado pelo Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD), pela Rede de Bibliotecas Escolares do Ministério da Educação de Portugal e pela campanha “Embaixadores da Leitura ” da AIDGLOBAL, pretende criar comunidades mais informadas, através do acesso a um fundo documental variado e à dinamização de atividades em torno da leitura.