Mais um contentor rumo a Moçambique

Mais um contentor rumo a Moçambique

Mais um contentor rumo a Moçambique

Ao longo do ano de 2013 e início de 2014 foram angariados cerca de 15.000 livros e outros materiais para equipar bibliotecas moçambicanas.

Está prestes a partir o quarto contentor promovido pela AIDGLOBAL para os Países de Língua Oficial Portuguesa, o terceiro com destino a Moçambique, e conta com cerca de 15.000 exemplares de literatura infantil e juvenil, dicionários, obras técnicas, didáticas e de apoio ao professor, assim como computadores e mobiliário diverso, para além de outros bens, como roupas e brinquedos, para as crianças órfãs apoiadas pela Associação Reencontro.

Após as cheias que assolaram o sul de Moçambique, no mês de janeiro de 2013, a AIDGLOBAL lançou uma campanha de recolha de donativos, “Livros para Chókwè”, para reforço bibliográfico da Biblioteca Municipal de Chókwè, na Província de Gaza, duramente afetada pelas inundações.

Numa primeira fase, a campanha visou angariar fundos para a aquisição de 5.000 livros, com o apelo ao donativo na Feira do Livro de Lisboa e espaços Leya em Lisboa, e foi feita a distribuição de marcadores de leitura com informações da campanha.

Numa segunda fase da campanha, no âmbito do Programa “Passaporte para a leitura”, foram angariados cerca de 15.000 livros, para o quarto contentor enviado pela AIDGLOBAL para os Países de Língua Oficial Portuguesa, no qual 5.000 se destinam à Biblioteca Municipal de Chókwè. Durante o ano de 2013 e início de 2014, foram angariadas doações de empresas e particulares, com destino às bibliotecas municipais e escolares do Chibuto, Xai-xai e Nacala.

Em nome de todos os beneficiários desta doação, a AIDGLOBAL envia os mais sinceros agradecimentos a todos os membros e amigos da AIDGLOBAL, empresas e instituições, tais como a Editora LeYa, os CTT – Correios, a Fundação Portugal Telecom, a Associação Voluntários com Asas, a Família Laginha, a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Essentials Minds e Centro Educativo da Bela Vista, pelo contributo para a nossa missão: promover o acesso ao livro e combater a iliteracia nos países de expressão portuguesa.