Última semana da Feira do Livro com a campanha ‘Livros para Chókwè’

Última semana da Feira do Livro com a campanha ‘Livros para Chókwè’

Última semana da Feira do Livro com a campanha ‘Livros para Chókwè’

A Feira do Livro de Lisboa chega à sua terceira e última semana a dar “mais vida ao parque” Eduardo II e, com ela, continua a decorrer a campanha ‘Livros para Chókwè’, na Praça LeYa.

“O que a chuva estragou, você pode recuperar!” tem sido o apelo feito aos milhares de pessoas que passam pela Feira e que se dispõem a contribuir para esta causa.
As fortes cheias de janeiro passado assolaram o sul de Moçambique, o que ocasionou que a Biblioteca de Chókwè ficasse com todo o seu acervo bibliográfico e equipamentos destruídos, impedindo os 50 mil habitantes do Município de aceder a tudo o que ela lhes proporcionava. Por ser tão importante e urgente reconstituir a única biblioteca existente em Chókwè, a AIDGLOBAL está a fazer uma recolha de dádivas para repor 5000 livros, através das caixas de donativos que estão nos balcões da Praça LeYa. Para além destes pontos, há ainda a distribuição gratuita de marcadores de livros, exclusivos desta campanha, disponíveis para qualquer pessoa que se dirija à Praça LeYa.
A campanha de Chókwè continuará em vigor, mesmo depois do encerramento da Feira do Livro e quem quiser fazer parte desta ação solidária poderá fazer a sua contribuição através do nib: 0035 0824 0001 0390 93088.

A par desta campanha, as leituras encenadas dos contos da Formiga JUJU continuarão a ter lugar, nas manhãs da Praça LeYa, desta vez pela voz da jornalista Ana Colaço e do ator Ângelo Torres, no sábado e domingo, respetivamente, pelas 11h30.

Ser solidário e imbuir-se da mágica da Formiga JUJU são fortes motivos para que visite, este fim de semana, o parque Eduardo VII.
Vá à Feira do Livro e leve consigo os seus filhos, netos, sobrinhos, outros familiares e amigos.
Todos gostarão.

Veja aqui as fotografias das sessões anteriores.