“Viagens pela Leitura” no Chibuto

“Viagens pela Leitura” no Chibuto

“Viagens pela Leitura” no Chibuto

Madalena Marques e Adelaide Rodrigues, voluntárias da AIDGLOBAL em Moçambique, dinamizam sessões de leitura em escolas do Distrito de Chibuto

No último mês, a AIDGLOBAL entregou 10 bibliotecas móveis a 10 escolas do Distrito do Chibuto e contou com a colaboração especial de duas voluntárias, Madalena Marques, Animadora Sociocultural, e Adelaide Rodrigues, Professora de Português do 3º ciclo e do Ensino Secundário, para desenvolverem atividades de animação da leitura nessas escolas, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e dos Voluntários com Asas.

Após ter ganho um concurso lançado pela UNESCO, em 2010, no âmbito do programa CapEFA – “Desenvolvimento de Capacidades no Contexto da Educação para Todos em Moçambique”, a AIDGLOBAL foi pioneira na criação do modelo e conceito de Bibliotchova, uma biblioteca móvel que tem por base um tchova característico de Moçambique, e se destina a escolas que não tenham espaço físico para acolher uma biblioteca. Até à data, já foram construídas onze Bibliotchovas, dez das quais financiadas pela UNESCO, e entregues no primeiro semestre deste ano a escolas do Distrito do Chibuto. A primeira Bibliotchova, financiada pela Rede de Bibliotecas Escolares do Ministério da Educação de Portugal, foi entregue no ano de 2011.

Neste sentido e no âmbito do programa “Passaporte para a Leitura”, as voluntárias da AIDGLOBAL têm vindo a promover atividades de animação da leitura, entre as quais a dramatização de contos e outras atividades lúdico-pedagógicas, junto dos alunos das escolas que receberam as Bibliotchovas. Estas sessões contaram com a participação ativa dos jovens, que, com entusiasmo, realizaram diversos jogos e exercícios de exploração dos contos e criaram, em conjunto, pequenas histórias a partir da sua vida quotidiana ou da história que acabavam de ouvir.

Além disto, as voluntárias facultaram formação orientada aos professores destas escolas, com o objetivo de incentivarem a prática da leitura junto dos seus alunos, levando-os a visitar, com frequência, a biblioteca.

O projeto de “Animação da Leitura” conta, pela segunda vez, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, com o objetivo de promover a leitura e o livro, bem como reforçar a Língua Portuguesa, através da criação de bibliotecas escolares.

A AIDGLOBAL contou, também, com o apoio dos Voluntários com Asas da TAP, no âmbito da campanha de doação de milhas, relativamente às viagens das animadoras da leitura e de dois membros da direção que se deslocaram ao terreno, para acompanhar o trabalho.

Por fim, foi fundamental o apoio do Grupo Visabeira que, solidariamente, cedeu o alojamento num dos seus hotéis, em Maputo, acolhendo toda a equipa à chegada e à partida de Moçambique.

A AIDGLOBAL desenvolveu, no facebook, um diário de bordo, atualizado diariamente, desta fantástica aventura com as crianças pelas bibliotecas moçambicanas, a que chamou “Viagens pela Leitura”.

Visite o nosso facebook e testemunhe o trabalho que fazemos de combate à iliteracia e promoção do acesso ao livro.