Beneficiários do projeto “NEAR” marcam presença na Feira das Galinheiras

Beneficiários do projeto “NEAR” marcam presença na Feira das Galinheiras

Beneficiários do projeto “NEAR” marcam presença na Feira das Galinheiras

No passado domingo, dia 4 de dezembro, teve lugar, no Bairro das Galinheiras, mais uma iniciativa de sucesso, a venda de produtos hortícolas, provenientes da Horta Comunitária, criada por sete refugiadas/os e requerentes de asilo, no âmbito do projeto “NEAR – NEwly ARrived in a common home”.

Esta atividade surge no sentido de facilitar a sua integração no Bairro das Galinheiras que, desde outubro, tem participado em formações, relativas à criação e manutenção de hortas.

Promovida pela AIDGLOBAL, contando com o apoio do Centro Paroquial da Charneca-Galinheiras, foi uma oportunidade para dar a conhecer o trabalho que tem vindo a ser realizado por este público-alvo, desde outubro do decorrente ano.

Durante o período da manhã, entre as 8h e as 15h, as/os formandas/os, para além de apresentarem às/aos visitantes da Feira das Galinheiras as mais variadas hortícolas, também expuseram sal e azeite aromatizado, vasos pintados à mão e ervas aromáticas, numa banca que se destacava das restantes pela sua apresentação. Decorada com panos tradicionais africanos e cartazes que expunham a origem destes produtos biológicos, produzidos no bairro e feitos por mãos do mundo — Serra Leoa, Afeganistão, Gana e Congo – este ponto de venda não passou despercebido, tendo sido, também, um espaço fundamental para as/os beneficiárias/os praticarem a Língua Portuguesa, através do diálogo e interação com as/os clientes.

Esta é uma iniciativa agrícola, que pretendeu proporcionar a cada beneficiário o sentimento de pertença, tendo em vista à sua integração plena no país de acolhimento.

NEAR – NEwly ARrived in a common home” é um projeto europeu financiado pela Comissão Europeia, no âmbito do Fundo de Asilo, Migração e Integração (AMIF) tendo como entidade promotora a Fundação ISMU e como entidades parceiras a Tamat, a CARDET, a AIDGLOBAL e a Università Cattolica del Sacro Cuore. Em Portugal, este projeto está a ser desenvolvido na Zona de Lisboa.