Câmara Municipal de Loures inaugura Parque Infantil que se ilumina com o movimento das crianças

Câmara Municipal de Loures inaugura Parque Infantil que se ilumina com o movimento das crianças

Câmara Municipal de Loures inaugura Parque Infantil que se ilumina com o movimento das crianças

A inauguração de zona recreativa muito especial para crianças, em Loures.

Na manhã do dia 29 de abril, a Câmara Municipal de Loures procedeu à abertura de um Parque Infantil, no âmbito do “PAB_LivingLab ― Vive a Descarbonização no Parque Adão Barata”, um projeto financiado pelo Programa Ambiente dos EEA Grants, cujo objetivo é a adoção de estilos de vida sustentáveis.

A descarbonização da sociedade e a consequente independência de combustíveis fósseis é uma das estratégias definidas no Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050, inseridas no Pacto Ecológico Europeu.

A inauguração do espaço recreativo infantil, enquadrada no contexto do projeto, contribui para a sua viabilização, dado ser um equipamento que, através da utilização de energias renováveis, promove a aprendizagem do funcionamento da energia, constituindo uma solução inovadora para a neutralidade climática local e, simultaneamente, para a Educação da comunidade. A sua infraestrutura foi concebida para que este equipamento seja iluminado através da luz cinética (luz originária da energia do movimento) e absorva luz solar durante o dia para poder brilhar durante a noite, proporcionando umas horas de brincadeiras “mágicas” aos pequenos. “Vê como o teu movimento pode gerar luz”, lê-se no local, em lonas nas quais se acrescenta que “este parque gera sorrisos e energia”.

O novo espaço foi inaugurado pelo presidente da Câmara Municipal de Loures, Ricardo Leão, com a presença da Gestora de Projetos da AIDGLOBAL, Ana Lua Ross, tendo sido prontamente estreado por um grupo de crianças do Centro Cultural e Social de Santo António dos Cavaleiros.

O presidente da Autarquia afirmou que este “é o primeiro parque do género no país e isso deve encher-nos de orgulho” e sublinhou que Loures quer integrar “o lote de concelhos amigos do ambiente”, afirmando-se como “um concelho de referência” nesta área.

O presidente da Câmara Municipal de Loures deu, ainda, a conhecer aos presentes algumas das medidas que se pretende concretizar, em breve, nesse espaço verde: a instalação de painéis solares no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, bem como a instalação de um sistema que vai permitir uma “radiografia completa” deste edifício, e a monitorização dos seus consumos e necessidades de manutenção, à distância e em tempo real.

O autarca revelou também que se pretende instalar no espaço de estacionamento um sistema de sensores, que vai permitir, aos automobilistas que aqui se deslocam, saber quais os lugares que se encontram disponíveis em cada momento. Ricardo Leão avançou ainda que o Parque Adão Barata se irá tornar “um centro piloto para novos projetos tecnológicos, numa lógica de economia circular”.

O “PAB_LivingLab – Vive a descarbonização no Parque Adão Barata é um projeto que decorre desde 1 de maio de 2021 até 30 de abril de 2024, financiado pelo Programa Ambiente dos EEA Grants, tem como entidade promotora a AIDGLOBAL – Ação e Integração para o Desenvolvimento Global –, e como parceiros a Câmara Municipal de Loures, o Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, a bim+, a dstsolar e a Innovation Point.