Comunicação e Cidadania são temas de formação na Escola B+S do Porto Santo

Comunicação e Cidadania são temas de formação na Escola B+S do Porto Santo

Comunicação e Cidadania são temas de formação na Escola B+S do Porto Santo

Ação dirigida ao Pessoal Não Docente.

A formação “Relações Interpessoais – Comunicar para a Cidadania”, dirigida ao Pessoal Não Docente da Escola Básica e Secundária Prof. Doutor Francisco Freitas Branco, decorreu entre 22 e 24 de março de 2021, no Porto Santo.

Comunicação (inclusiva, assertiva, …), competências interpessoais (empatia,..), motivação, gestão de conflitos, participação na vida escolar, direitos e deveres, inclusão e cidadania foram alguns dos temas abordados junto dos 14 profissionais presentes.

Nas 12 horas de formação foram trabalhados alguns estudos de caso relacionados com problemáticas que colocam os jovens em situações de vulnerabilidade, como o bullying, drogas, depressão e ansiedade, tendo sido partilhados sinais de alerta e medidas a tomar no contexto do desempenho profissional.

Esta iniciativa, incluída no Plano de Formação da Escola e realizada através do Serviço de Psicologia e Orientação da instituição, foi dinamizada em sinergia com o Plano de Ação “Da Escola para o Mundo – Agir, Incluir, Transformar”. Nesse sentido, foi promovida a reflexão sobre como se pode contribuir para a vivência e promoção da Cidadania, nos recreios e na escola como um todo.

O referido Plano de Ação é promovido pela AIDGLOBAL, em parceria com a Escola B+S do Porto Santo. Enquadra-se no Programa Cidadãos Ativ@s (EEA Grants), gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto, através do projeto Educação para a Cidadania, implementado pela Fundação Gonçalo da Silveira e pelo Centro de Investigação para o Desenvolvimento Humano da Universidade Católica Portuguesa.