Já há 36 estabelecimentos, no Porto Santo, com Selo “Porto Santo sem Plástico no Mar”

Já há 36 estabelecimentos, no Porto Santo, com Selo “Porto Santo sem Plástico no Mar”

Já há 36 estabelecimentos, no Porto Santo, com Selo “Porto Santo sem Plástico no Mar”

Os primeiros Selos de certificação informal, promovidos no âmbito do projeto “Porto Santo Sem Lixo Marinho”, foram entregues a 23 de junho de 2021 aos restaurantes, hotéis e lojas comprometidos com a adoção de boas práticas e com o cumprimento de um conjunto de metas no âmbito da redução de potencial lixo marinho.

A apresentação do selo de certificação informal e a assinatura das primeiras cartas de compromisso, no âmbito do projeto “Porto Santo Sem Lixo Marinho” foi feita a 23 de junho de 2021. Cerca de oito meses depois já há 36 estabelecimentos envolvidos na redução de potencial lixo marinho, assumindo como compromissos a participação em campanhas de recolha de lixo marinho, a disponibilização de recipientes reutilizáveis para uso interno, a colaboração em iniciativas de sensibilização e de educação ambiental, entre outras ações que refletem uma postura social e ambientalmente responsável.

A adesão a este Selo pode ser feita em qualquer momento. Todas as empresas interessadas em participar podem solicitar mais informações junto da Câmara Municipal do Porto Santo (Rubina Brito: rubinabrito@cm-portosanto.pt).

Conheça alguns dos estabelecimentos aderentes, em baixo, através da galeria de fotografias.

Para ler a lista de compromissos assumidos pelos estabelecimentos aderentes, clique aqui.

Conheça o “Estudo preliminar de avaliação do estado atual, de caracterização de fontes, produção e composição de resíduos plásticos e de identificação de locais com concentrações de lixo marinho no Porto Santo”, aqui.

Porto Santo Sem Lixo Marinho” é um projeto cofinanciado pelo Programa Ambiente dos EEA Grants e promovido pela Associação Natureza Portugal, em parceria com a WWF Portugal, a AIDGLOBAL, a ARM – Águas e Resíduos da Madeira, S.A., a Câmara Municipal do Porto Santo e o polo do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente na Madeira, acolhido pela Arditi. Conta, ainda, com o apoio da WWF Noruega e da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas do Governo Regional da Madeira.