Jovens unidos por uma vida mais saudável

Jovens unidos por uma vida mais saudável

Jovens unidos por uma vida mais saudável

“Direito a uma alimentação de qualidade” foi o tema que uniu esforços por parte das turmas do 9º A e D da Escola B+S do Porto Santo

No âmbito do Plano de Ação “Da Escola para o Mundo – Agir, Incluir, Transformar“, com o intuito de sensibilizar os jovens para a solidariedade, os alunos e alunas do 9º A e do 9ºD e os seus docentes desenvolveram-se atividades que promoveram o “Direito a uma alimentação de qualidade”, em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1 e 2.

Ao longo do 3º período do ano letivo 2020/2021, foi feita a articulação dos temas de Cidadania com os conteúdos do currículo oficial. O objetivo do Trabalho de Projeto era promover o sentido de responsabilidade ao nível do compromisso com os outros e do bem-estar da comunidade, nomeadamente não ser indiferente aos problemas sociais e tomar iniciativa em prol de um mundo mais justo.

Durante as aulas de Ciências Naturais, foi trabalhada a Roda dos Alimentos. Os alunos fizeram uma listagem daqueles que eram, antigamente, consumidos na ilha do Porto Santo para, posteriormente, fazerem, com eles, uma roda alimentar e perceberem se o tipo de alimentação desses tempos era, ou não,  equilibrada. A geometria da roda e os ângulos de cada grupo de alimentos foram trabalhados na disciplina de Matemática. Em Geografia, refletiu-se criticamente sobre o tema das desigualdades sociais.

Articulando com os conteúdos de Educação para a Saúde, em Educação Física, foram criadas receitas que se podem fazer com pão e outros ingredientes e dinamizada uma gincana sobre os temas da Cidadania. Em sinergia com a disciplina de Inglês, foi dinamizada uma página no Facebook, dirigida a turistas e imigrantes, destinada à partilha de receitas típicas da ilha do Porto Santo. Pode aceder-se à página, aqui .

No contexto deste Plano de Ação, em colaboração com a Junta de Freguesia do Porto Santo, os alunos realizaram uma campanha de recolha de alimentos para doação a famílias em situação de vulnerabilidade social. Na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, elaboraram textos para colocarem nos cabazes solidários e, nas aulas de Tecnologias da informação e Comunicação (TIC), procederam à criação de cartazes/flyers publicitários para a recolha de alimentos, além de terem criado um spot que passou na rádio da escola. Foram recolhidos 85 kg de produtos alimentares, na campanha, uma ação que contou com o apoio da comunidade escolar e que foram entregues a cerca de 6 famílias pela equipa da Junta de Freguesia do Porto Santo , com o apoio da AIDGLOBAL ― Ação e Integração para o Desenvolvimento Global  (ONGD).

A partir de trabalho de projeto, sessões participativas e articulação interdisciplinar, os alunos desenvolveram competências de Educação para a Cidadania, tais como igualdade e dignidade, participação cívica e compromisso com os outros.

“Da Escola para o Mundo – Agir, Incluir, Transformar” é um Plano de Ação de Educação para a Cidadania, desenvolvido pela AIDGLOBAL, em parceria com a Escola Básica e Secundária Professor Dr. Francisco Freitas Branco, Porto Santo, por um futuro mais justo e sustentável. Enquadra-se na Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania e conta com o apoio de muitas entidades, entre elas a Fundação Gonçalo da Silveira e a Universidade Católica do Porto, no âmbito do Programa Cidadãos Ativ@s.