O Tchova da Juju aproxima o livro às crianças da Costa do Sol, em Maputo

O Tchova da Juju aproxima o livro às crianças da Costa do Sol, em Maputo

O Tchova da Juju aproxima o livro às crianças da Costa do Sol, em Maputo

Sob o lema “Brincar e Aprender”, o Tchova foi acolhido em ambiente de festa, num convívio comunitário que incluiu atividades de dinamização da leitura e nutrição reforçada para as crianças do bairro.

“O Tchova da Juju”, uma biblioteca móvel infantil destinada a promover o acesso ao livro e reforçar a ligação entre as escolas e as comunidades, foi entregue, no passado dia 16 de março, para uso das crianças do bairro da Costa do Sol, em Maputo (Moçambique).

Sob o lema “Brincar e Aprender”, o Tchova foi acolhido em ambiente de festa, num convívio comunitário que incluiu atividades de dinamização da leitura e nutrição reforçada para as crianças do bairro.

Esta biblioteca itinerante, inspirada na “Bibliotchova” criada pela AIDGLOBAL ao abrigo do programa CapEFA – “Desenvolvimento de Capacidades no contexto da Educação para Todos em Moçambique”, vai circular entre o bairro e a Escola Primária Completa NTWANANU, no âmbito de um protocolo assinado a 12 de março de 2013 com a Escola Portuguesa de Moçambique (programa MABUKO YA HINA), a Escola Ntwananu e a Associação Livro Aberto.

“Achamos que é extremamente importante a questão do livro, porque incentiva a leitura, a criatividade e temos uma experiência muito interessante com a mais-valia destas maletas de leitura, que tiveram um efeito direto nos resultados escolares numa das escolas onde trabalhamos há mais tempo”, salientou a Diretora da Escola Portuguesa de Moçambique, Dina Trigo de Mira, durante a cerimónia de assinatura do protocolo.

O programa MABUKO YA HINA é implementado em articulação com o Ministério da Educação de Moçambique, inserindo-se num projeto da Rede de Bibliotecas Escolares de Portugal, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pelo Projeto Ricardo Diogo.

A construção do Tchova da Juju foi viabilizada por cerca de 70 apoiantes, através de uma campanha de financiamento coletivo no site PPL.COM.PT. A iniciativa insere-se no projeto “A Formiga Juju e o Sapo Karibu”, desenvolvido em parceria com a AIDGLOBAL, DSF-Douleurs Sans Frontières e a Livro Aberto, visando a promoção da educação inclusiva em Moçambique.

Veja aqui mais fotografias.