A AIDGLOBAL promove VIII Ação de Sensibilização e Advocacia sobre a Importância da Educação de Infância, com a presença de 53 líderes comunitários e governo distrital

A AIDGLOBAL promove VIII Ação de Sensibilização e Advocacia sobre a Importância da Educação de Infância, com a presença de 53 líderes comunitários e governo distrital

A AIDGLOBAL promove VIII Ação de Sensibilização e Advocacia sobre a Importância da Educação de Infância, com a presença de 53 líderes comunitários e governo distrital

O compromisso para com a Educação de Infância e a garantia de se continuar a investir no funcionamento das 5 Escolinhas Comunitárias do Chibuto foram, também, dois dos temas em análise, durante a ação.

No dia 28 de julho, líderes das comunidades do Bairro 25 de Junho, Chiconelane, Maivene, Malehice e Chaimite, entre os quais os Chefes dos Postos Administrativos, os Chefes das Localidades, os Secretários de Bairro, os diretores das Escolas Primárias, os membros dos Conselhos de Gestão Comunitárias das Escolinhas, os representantes dos pais e encarregados de educação, a Vereadora da Educação do Município do Chibuto bem como o Presidente, o Diretor do Serviço Distrital de Educação, Juventude e Tecnologia  e o sr. Administrador do Distrito do Chibuto marcaram presença na oitava Ação de Sensibilização e Advocacia sobre a Importância da Educação de Infância, realizada no âmbito do projeto “Educadores em Movimento – Uma Educação Itinerante para a Primeira Infância”, no Centro Aberto do Chibuto.

A iniciativa contou com 60 participantes, entre os quais 53 membros das comunidades supracitadas, que estiveram reunidos para fazer o balanço das Escolinhas desde a sua Pré-Abertura, no final de 2021, até junho deste ano, para analisarem o investimento realizado para a sua criação e funcionamento, para refletirem sobre a importância da Educação da Infância no Desenvolvimento das Crianças e, consequentemente, para suas comunidades e, ainda, para ouvirem testemunhos de profissionais da Educação sobre o impacto que este tipo de ensino pré-escolar já está a ter nessas comunidades e, por fim, para debater a questão da sua sustentabilidade e gestão, tendo em vista procurar soluções que permitam a continuação do seu funcionamento.

No âmbito da iniciativa, foi reservado um momento de capacitação sobre o Desenvolvimento da Primeira Infância, liderado pela oradora convidada, Gertrudes Noronha, diretora executiva da Rede de Educação para a Primeira Infância (RDPI), que reúne mais de 40 organizações da sociedade civil, e da qual a AIDGLOBAL é membro ativo, tendo, ainda, facilitado o debate em torno da sustentabilidade das Escolinhas. Gertrudes Noronha lembrou que a “Educação para a Primeira Infância é um tema de extrema importância na agenda política global” e fez uma sistematização das diferentes fases em que a criança mais se desenvolve – desde o ventre da mãe até aos 8 anos de idade, já a frequentar a Escola Primária, reforçando a importância da Educação de Infância, através da frequência de estabelecimentos de ensino pré-escolar, como estes, recém-criados no Chibuto, para o desenvolvimento pleno das crianças.

Os testemunhos da professora primária e do diretor da Escola Primária de Maivene foram dois momentos relevantes, tendo sido apresentados exemplos concretos de como as crianças que puderam frequentar o período de pré-abertura das Escolinhas, no final de 2021, se distinguiram das restantes, à entrada do 1º ciclo, destacando influência que elas estão a ter junto dos seus familiares, inclusivamente ensinando-lhes o vocabulário em português. Foram, ainda, apresentadas propostas concretas para a sustentabilidade das Escolinhas e sua integração no sistema de gestão das Escolas Primárias.

O Sr. Administrador do Distrito permaneceu durantes as 4 horas de trabalhos que culminaram com um almoço convívio, tendo encerrado a iniciativa fazendo a sistematização dos maiores problemas apresentados. Assumiu o compromisso, perante todos os que estiveram presentes, de os ultrapassar juntos e garantiu que as Escolinhas continuarão a funcionar para além da conclusão do projeto que contribuiu para a sua criação.

O projeto “Educadores em Movimento” tem como objetivo que, pelo menos, 40 crianças em cada uma das 5 comunidades de intervenção do Chibuto utilizem os serviços de Educação de Infância Itinerante. Atualmente, mais de duzentas frequentam a sua Escolinha em 5 comunidades.

Educadores em Movimento – uma Educação Itinerante para a Primeira Infância” tem como financiador principal a Fundação Calouste Gulbenkian, como cofinanciador o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., como promotor a AIDGLOBAL, gestora do projeto, como copromotor o Centro Vocacional e Residencial do Chibuto (CVRC), e como parceiros o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), seu coordenador científico-pedagógico, pelo Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI – Iscte) coordenador da componente antropológica, pelo Serviço Distrital da Juventude, Educação e Tecnologia do Chibuto (SDJET) e Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) – entidades que garantem a articulação do projeto com as políticas públicas.