Escolinha Comunitária de Chiconelane constitui resposta socioeducativa para 34 crianças da Comunidade

Escolinha Comunitária de Chiconelane constitui resposta socioeducativa para 34 crianças da Comunidade

Escolinha Comunitária de Chiconelane constitui resposta socioeducativa para 34 crianças da Comunidade

Chiconelane foi a segunda de cinco comunidades que viu ser inaugurada mais uma Escolinha Comunitária. A cerimónia decorreu na manhã de quarta-feira, dia 13 de abril, e contou com a presença de cerca de 200 pessoas.

No passado dia 13 de abril, a Escolinha Comunitária de Chiconelane foi a segunda de cinco Escolinhas a ser inaugurada, este ano, pela AIDGLOBAL, no âmbito do projeto “Educadores em Movimento – Uma Educação Itinerante para a Primeira Infância”.

Cortada a fita – gesto simbólico partilhado entre o Médico e Chefe Distrital, Celso Manhoca, e a Delegada do Instituto Nacional de Ação Social, Olinda Mendes –, está aberto o caminho para a salvaguarda continuada de uma Educação de Qualidade na Primeira Infância no Distrito do Chibuto, em Moçambique.

Este foi, aliás, um dos aspetos nevrálgicos que atravessou a intervenção da Presidente da AIDGLOBAL, Susana Damasceno. Após a oração conduzida pelo Padre José António, Susana Damasceno reforça o papel que estas Escolinhas podem ter no quadro de uma “resposta às necessidades socioeducativas que devem, necessariamente, envolver as comunidades locais”. O combate à pobreza e “a promoção de uma maior igualdade de oportunidades para todas as meninas e meninos começa na infância”, ressalva.

Também a Professora Antónia Barreto, do Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI-Iscte) corrobora esta ideia e sublinha a importância de se capacitarem os/as professores/as e educadores/as enquadrando o seu trabalho à luz dos diversos contextos familiares e comunitários.

As pessoas e os seus contextos são indissociáveis, razão pela qual esta cerimónia não podia deixar de convocar para os momentos que a pontuaram, os traços culturais da comunidade onde esta Escolinha foi inaugurada. Às intervenções de cariz institucional que contaram, também, com as vozes de Celso Manhoca, presente em representação do Administrador do Distrito do Chibuto, seguiu-se uma dança protagonizada pelas crianças da Escola Primária de 1º e 2º graus de Chiconelane. À dança sucedeu uma peça de teatro interpretada pelas mães das 34 crianças presentes, com o objetivo de sensibilizar os restantes membros da comunidade a inscreverem as suas crianças nesta nova Escolinha.

Depois da dança e do teatro foi entre cânticos de agradecimento, entoados pelas mães das 34 crianças, que a cerimónia se aproximou do fim, terminando com um almoço preparado pela própria comunidade. Chima, caril, arroz e feijão, foram alguns dos alimentos que deram cor à mesa posta sob o teto da mais recente Escolinha Comunitária de Chiconelane.

Educadores em Movimento – uma Educação Itinerante para a Primeira Infância” tem como financiador principal a Fundação Calouste Gulbenkian, como cofinanciador o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., como promotor a AIDGLOBAL, gestora do projeto, como copromotor o Centro Vocacional e Residencial do Chibuto (CVRC), e como parceiros o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), seu coordenador científico-pedagógico, pelo Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI – Iscte) coordenador da componente antropológica, pelo Serviço Distrital da Juventude, Educação e Tecnologia do Chibuto (SDJET) e Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) – entidades que garantem a articulação do projeto com as políticas públicas.