Sessões de Educação Parental, em Moçambique, para uma Educação de Infância consciente

Sessões de Educação Parental, em Moçambique, para uma Educação de Infância consciente

Sessões de Educação Parental, em Moçambique, para uma Educação de Infância consciente

Desde 2018, que a AIDGLOBAL tem vindo a promover a Educação Parental, em Moçambique, no âmbito do projeto “Educadores em Movimento – uma Educação Itinerante para a Primeira Infância”. Conta com um total de 150 sessões repartidas pelas comunidades, onde intervém, nomeadamente no Bairro 25 de Junho, Chaimite, Chiconelane, Maivene e Malehice, localizadas no distrito do Chibuto, província de Gaza.

O objetivo destas iniciativas visa capacitar e ampliar os conhecimentos e as competências educativas de mães, pais e educadores/as, salvaguardando, desta forma, o desenvolvimento pleno das crianças, os seus direitos e o seu lugar na sociedade.

Na mais recente sessão de Educação Parental, que se contabiliza como a última realizada no âmbito do projeto, foi dinamizada pela Educadora de Infância Ledieta Vasco Bombe e pelas Educadoras em Movimento, Ermelinda Macuacua, Luísa e Leonor Tsambe, na comunidade de Chiconelane, no passado dia 22 de setembro. O papel das mães e dos pais como cuidadores/as no contexto familiar e os cuidados básicos a ter em prol do bem-estar e do desenvolvimento integral das crianças foram os temas abordados.

Esta ação contou com a participação de 18 mães/pais e, ainda, com 1 membro do Conselho de Gestão Comunitária (CGC), mais especificamente, a tesoureira, que lembrou a todas e todos as/os presentes que deveriam proceder ao pagamento das mensalidades e batas escolares das suas crianças.

A dificuldade em sensibilizar mães/pais e encarregadas/os de educação do meio rural para comparticiparem nos gastos inerentes à frequência das suas filhas e filhos nas escolinhas (educação pré-escolar) tem, também, demonstrado que, ainda, subsiste uma desvalorização da criança e da importância da educação, sendo necessário continuar a investir nestas questões com famílias e comunidade em geral, privilegiando a proteção da criança e a garantia dos seus direitos.

Foram, ainda,  partilhadas experiências e opiniões, nos diversos momentos formativos, criando uma atmosfera matizada de histórias diversas que se complementam nas suas semelhanças e, sobretudo, nas suas diferenças.

As sessões de Educação Parental desenvolvidas pela AIDGLOBAL têm contribuído para minimizar o elevado analfabetismo feminino e insuficientes iniciativas de promoção de Saúde e Cidadania dirigidas a crianças em idade pré-escolar.

Nunca é demais relembrar que, em Moçambique, apenas 4% das crianças frequenta a Educação Pré-Escolar, em geral uma minoria que tem capacidade económica para aceder a escolas particulares, usualmente situadas nas zonas urbanas. Como consequência, por falta de oportunidades e empenhamento, a generalidade das crianças tem o seu desenvolvimento mental, linguístico e social comprometido. (UNICEF).

Educadores em Movimento – uma Educação Itinerante para a Primeira Infância” tem como financiador principal a Fundação Calouste Gulbenkian, como cofinanciador o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., como promotor a AIDGLOBAL, gestora do projeto, como copromotor o Centro Vocacional e Residencial do Chibuto (CVRC), e como parceiros o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), seu coordenador científico-pedagógico, pelo Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI – Iscte) coordenador da componente antropológica, pelo Serviço Distrital da Juventude, Educação e Tecnologia do Chibuto (SDJET) e Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) – entidades que garantem a articulação do projeto com as políticas públicas.